A esquerda precisa fazer uma autocrítica!

Quem acompanha política ou pelo menos já sabe o tipo de governo que o Brasil teve nas últimas décadas, repara que a esquerda precisa fazer uma autocrítica! Com nomes como Lula e Dilma, passaram mais de 13 anos no poder, deixando algumas poucas marcas positivas e outras negativas em nosso país que iram durar décadas, como divida publica elevada, desemprego e separação da sociedade ainda maior.

Como a direita após muito tempo voltou a ter força, Jair Bolsonaro pode até pensar em tentar a reeleição em 2022, se não haver nenhum candidato ao seu nível hoje, visto que Lula perdeu muita força em virtude da Operação Lava Jato e de sua prisão em 2018. Mas será que apenas a gente está pensando nisso ou o pessoal que é político de esquerda nato, também não tem esta preocupação?

O que diz Dilma Rousseff, ex-presidente do Brasil

Até mesmo quem era petista, criticou a governabilidade de Dilma em 2014, no seu primeiro mandato. Ela se referiu em comentários dizendo que o “Brasil é um país que se pode comprar parlamentares, mesmo não sendo o correto”.

Bom de fato, contra a lei não se deveria haver objeções. Mas talvez fosse mais viável ressaltar projetos que deram certo, como a criação de novos empregos principalmente durante os Governos de Lula e a quase erradicação do Brasil no mapa da fome. Afinal se Dilma foi acusada de pedaladas fiscais, não seria o mais correto falar de corrupção.

O que pesquisas do Ibope aumentam

Quando se foram feitas pesquisas através do Ibope na época que antecedia as eleições presidenciais em 2018, Bolsonaro tinha 28% das intenções de voto, seguido de Fernando Haddad com 22%, o então candidato mais forte da esquerda.

O que acontece é que mesmo com uma grande taxa de reprovação do Governo Bolsonaro agora em 2020, Haddad e Ciro Gomes, não estão fazendo nada para melhorarem os seus conceitos e visão do público. Haddad até mesmo já desistiu de tentar sua candidatura para a Prefeitura de São Paulo.

Por essas e outras questões, e além da queda do número de deputados e senadores que o PT tinha no Congresso, é que a Esquerda precisará rever os seus conceitos para voltar a somar a maioria dos eleitores.

Não fazer uma autocritica e reconhecer os erros, vai fardar o PT e a esquerda a se tornar o novo PSDB da política brasileira…

Visits: 2804

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.