Polícia aponta ONGs como suspeitas de causar incêndio no Pará

A Polícia Civil do Pará deflagrou na manhã do dia 26, terça feira, uma operação que terminou na prisão de quatro integrantes de um brigada voluntária de combate de incêndios florestais, suspeitos de terem incendiado uma área de proteção no Pará, em setembro.

O grupo teria recebido uma quantia de R$ 300 mil reais de doações por entremeio de ONGs por causa dos incêndios. A Polícia não deu detalhes de como teria sido a participação dos presos nos supostos crimes. Em nota a brigada negou as acusações.

Visits: 572

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.