Segundo Pedro Bial Democracia em Vertigem é “insuportável, Petra chora o filme inteiro”.

Essa semana alguém “Famoso”, da Globo até que em fim falou a verdade sobre o filme da Petra, que por sinal, muitos elogiam ou por ser de esquerda apenas ou por falsidade mesmo. De forma geral, melhor o amigo que fala duro mais a verdade do que o bajulador!

“Eu dei muita risada. É um ‘non sequitur’ atrás do outro”, disse, ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha. A expressão em latim caracteriza um discurso cujas conclusões não decorrem das premissas”.
“[O filme] vai contando as coisas num pé com bunda danado”, continuou. Bial também criticou a “narração miada, insuportável, onde ela [Petra Costa, a diretora e narradora] fica choramingando o filme inteiro”. “É um filme de uma menina dizendo para a mamãe dela que fez tudo direitinho, que ela está ali cumprindo as ordens e a inspiração de mamãe, somos da esquerda, somos bons, não fizemos nada, não temos que fazer autocrítica. Foram os maus do mercado, essa gente feia, homens brancos, que nos machucaram e nos tiraram do poder, porque o PT sempre foi maravilhoso e Lula é incrível”, disse ainda.
Para quem não sabe Petra e filha de dono de construtora atingida em cheio pela Lava Jato, que por sinal, nas divulgações aparenta que faz questão de esconder o sobre nome “pinchado”. Será porque tanto ódio assim do PT ter saído do poder?
Visits: 1348

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.